Quem é e o que faz a Embrião?

A Embrião é uma entidade localizada em Alvorada-RS, fundada em 25/12/2001, que realiza atividades no estado do Rio Grande do Sul com o projeto pedagógico: EducaAção EcoLógica com Xadrez nas Escolas. Já realizou oficinas em Alvorada, Balneário Pinhal, Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Campo Bom, Candiota, Canguçu, Canoas, Dois Irmãos, Esteio, Gravataí, Guaíba, Harmonia, Nova Santa Rita, Parobé, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, São Leopoldo, Sapiranga e Viamão.

Em 2011, nos Jogos Nacionais do SESI - BA,
a ONG mostrou o projeto para empresários de todo o Brasil.

Tem como principal objetivo a educação ambiental de crianças e adolescentes e tem como ferramenta de trabalho o xadrez, incluindo assim de forma lúdica os seus alunos. A organização já foi reconhecida com prêmios como a Medalha João Saldanha (entregue à incentivadores de esportes); Reconhecimento Ambiental - Borboleta Azul (reconhecido pelo Governo do Estado através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente) e, por seis anos consecutivos, a Medalha de Responsabilidade Social (Assembléia Legislativa).

Trabalha em parceria com outras instituições e organizações para promover a conscientização e a inclusão. Um dos frutos dessas parcerias foi a bicicleta adaptada, chamada ODKV. Ela foi desenvolvida para deficientes visuais com o intuito de proporcionar a eles a sensação de andar de bicicleta. Desenvolveu também bicicletas especiais para Cadeirantes e Muletantes.

Também recolhe pilhas, baterias e outros lixos tecnológicos, assim como óleo de cozinha usado.

Para mais informações entre em contato por um dos meios citados abaixo:
Telefones:(51)3483-2914 ou (51)9986-7734
E-mails: ongembriao@gmail.com
ou ongembriao2010@gmail.com

Pesquise por matérias:

segunda-feira, 4 de julho de 2011

A Central Única das Favelas do Estado (Cufa-RS) realizou neste domingo, 3, a primeira edição do Encontro Estadual das Favelas, no auditório Dande Barone da Assembleia Legislativa. O prefeito José Fortunati, o Presidente da Assembléia Legislativa Ivar Pavam e a Deputada Federal Manoela Davila,participaram do encontro, que reuniu jovens de comunidades da Capital e do interior do Estado para debater e propor ações de políticas públicas sobre cultura, sustentatibilidade e esportes.

Na abertura do evento foi enfatizado que o alinhamento da discussão entre a população potencializa a construção das políticas públicas eficazes. "O movimento de mobilizar as comunidades é fundamental para trazer ao debate de forma clara as necessidades a partir do olhar de quem vive nas periferias", disse o Prefeito da Capital, Fortunati

O presidente da Cufa-RS, Manoel Soares, destacou que a iniciativa é embrionária. "Esse é um momento histórico, porque busca entre outras coisas estimular que a favela se relacione com a política de forma construtiva", afirmou. 

A Embrião levou seu Xadrez Gigante Eco Lógico, que aqueceu os jovens da Nação Periférica, na manha fria de domingo. A Coordenadora da Nação Periférica, Tia Mary (como os jovens apelidaram) após a explanação dos panelistas questionou a falta de apoio institucional de empresas aos projetos das periferias.

Nenhum comentário: