Quem é e o que faz a Embrião?

A Embrião é uma entidade localizada em Alvorada-RS, fundada em 25/12/2001, que realiza atividades no estado do Rio Grande do Sul com o projeto pedagógico: EducaAção EcoLógica com Xadrez nas Escolas. Já realizou oficinas em Alvorada, Balneário Pinhal, Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Campo Bom, Candiota, Canguçu, Canoas, Dois Irmãos, Esteio, Gravataí, Guaíba, Harmonia, Nova Santa Rita, Parobé, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, São Leopoldo, Sapiranga e Viamão.

Em 2011, nos Jogos Nacionais do SESI - BA,
a ONG mostrou o projeto para empresários de todo o Brasil.

Tem como principal objetivo a educação ambiental de crianças e adolescentes e tem como ferramenta de trabalho o xadrez, incluindo assim de forma lúdica os seus alunos. A organização já foi reconhecida com prêmios como a Medalha João Saldanha (entregue à incentivadores de esportes); Reconhecimento Ambiental - Borboleta Azul (reconhecido pelo Governo do Estado através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente) e, por seis anos consecutivos, a Medalha de Responsabilidade Social (Assembléia Legislativa).

Trabalha em parceria com outras instituições e organizações para promover a conscientização e a inclusão. Um dos frutos dessas parcerias foi a bicicleta adaptada, chamada ODKV. Ela foi desenvolvida para deficientes visuais com o intuito de proporcionar a eles a sensação de andar de bicicleta. Desenvolveu também bicicletas especiais para Cadeirantes e Muletantes.

Também recolhe pilhas, baterias e outros lixos tecnológicos, assim como óleo de cozinha usado.

Para mais informações entre em contato por um dos meios citados abaixo:
Telefones:(51)3483-2914 ou (51)9986-7734
E-mails: ongembriao@gmail.com
ou ongembriao2010@gmail.com

Pesquise por matérias:

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Alunos e Professores do Centro Municipal de Educação Básica (CMEB) Alberto Pasqualini receberam, nesta quinta-feira, os certificados de conclusão dos cursos de Papietagem e de Multiplicadores do Programa Primeira Infância Melhor, desenvolvido pela Secretaria Municipal da Saúde em Parceria com a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião. O evento foi realizado no Centro Municipal de Educação Básica (CMEB) Alberto Pasqualini, em Esteio as 10h30min.
Na oficina de Papietagem, os estudantes puderam aprender a construir peças gigantes de xadrez, utilizando jornais velhos e cola. Além disso, os participantes aprenderam também sobre o modo correto de descartar pilhas usadas e óleo de cozinha. Já no curso de Multiplicadores, os alunos puderam aprender as regras e táticas utilizadas para se tornarem bons jogadores de xadrez

terça-feira, 22 de novembro de 2011

O Dia Mundial de Xadrez, 19/11/11, foi  bem comemorando pelos enxadristas, em Alvorada RS. 84 Enxadristas, a maioria crianças e jovens participaram da última Etapa do Circuito Eco Lógico de Xadrez na Escola Municipal Cléo dos Santos. Com o apoio da SMED e da Soul, que conseguiram transporte para as crinaças.
Todas as Escolas que colaboraram das etapas anteriores e empresas ganharam Troféus e Certificados como forma de reconhecimento pela sua contribuição ao esporte. Personalidades políticas e empresários também foram agraciados.
O Resultado final dos Campeões do Circuito de Xadrez serão anunciados na próxima semana.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Xadrez gigante sustentável chegou à serra gaúcha

Envolvidos com a Fiema Brasil 2012, mais precisamente com o Projeto Viva a Natureza e fazendo parte do Espaço Recicla Arte, direção, professores e alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Ouro Verde,  realizaram Oficina de Papietagem e Educação Ambiental, com o propósito de montar um jogo de xadrez sustentável.
A ideia surgiu a partir do momento em que a escola foi desafiada a realizar uma criação artística, tendo como matéria-prima principal materiais reutilizados e/ou reciclados. Conversando com os docentes, o professor de Educação Física Alex Locatelli demostrou o desejo de confeccionar um xadrez gigante com os alunos, com a finalidade de incentivá-los a criar um gosto maior pelo jogo.
Após muitas discussões, buscamos parceria com a Empresa Multimóveis, a qual se prontificou a confeccionar o tabuleiro. A mesma mostrou-se entusiasmada com o projeto e irá confeccioná-lo com restos de madeira. A partir daí, começamos a discussão sobre o material a ser utilizado na confecção das peças.
Realizando uma busca pela internet, descobriram a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião de Alvorada, os quais realizam oficinas de papietagem para confecção das peças de xadrez. A partir dos moldes das peças de xadrez, serão utilizados jornais velhos e cola, para a confecção de peões, cavalos, torres, reis e rainhas que serão utilizados para jogar.
A Prefeitura de Bento entrou em contato com os responsáveis pela entidade, que desenvolvem este trabalho desde 2005, em Alvorada – RS, e no dia 16 de novembro a escola que realizou essa oficina, envolvendo toda a comunidade escolar. O xadrez gigante será uma atração da FIEMA 2012, onde todos os visitantes poderão jogar de uma forma prazerosa e divertida. O Professor Alex e as Professores ficaram de multiplicar a proposta na Região. A SMED vai propor para os professores colocarem no Planejamento Pedagógico a partir de 2012.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Com a proposta de formar  multiplicadores para atender os projetos Mais Educação e Escola Aberta nas Escolas Públicas, a Embrião em parceria com o SESI esta desenvolvendo oficina de Papietagem em peças de Xadrez Gigante. Mesclando o jogo de xadrez, o meio ambiente e valores humanos.
Foi um sucesso as Oficinas de Xadrez Sustentável na Região Sul do Estado.
Em uma única ação, duas importantes lições. O jornal lido e descartado receberá destino ecologicamente correto e o aprendizado de xadrez ganhará mais um atrativo, com o manuseio de peças gigantes. Através da milenar técnica chinesa de papietagem, procura-se difundir o xadrez de forma lúdica e atrativa.
A parceria com a Embrião e o SESI tornará o aprendizado de xadrez além de divertido, ajudará no desenvolvimento da concentração e, consequentemente, auxiliara  no desempenho escolar de maneira geral. Ao transpor o aprendizado do xadrez à rotina, até os relacionamentos interpessoais ganham em qualidade, além de aprender a obedecer regras e a melhorar a disciplina, potencializando a compreenção lógica dos jogadores.
A oficina acontecerá no decorrer do mês de novembro no SESI de Pelotas e de Rio Grande, com trabalhadores das indústrias locais e seus dependentes.
Claiton Furtado de Ávila - Promotor de Lazer Cultural 53 3222.0138

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Uma proposta diferente de trabalho uniu 10 Escolas da Rede Pública na Região Norte de Porto Alegre. O  Lions Club Cahy em parceria com a Embrião organizou o 1º Torneio Lions Clube de Xadrez Escolar, na  região Norte de Porto Alegre, para fazer parte de um projeto Eco Lógico e multiplicador no Eixo Baltazar.
A  proposta visa: mostrar o trabalho de educação ambiental realizado pela Embrião, formar multiplicadores e realizar  Torneios de Xadrez, o primeiro aconteceu na Escola Estadual América dia 29/10/11 (sábado).


Os  Campeões de Xadrez Estadual – Categoria Mirim são de Alvorada, parabéns enxadristas !
Final de xadrez estadual aconteceu em Santa Maria, dias 14 e 15/11.
Camila Moreira – E.M. Gentil de Godoy – Categoria Mirim Feminino, Treinador: Prof. Enoque Portela
Bruno Malaguias – E.E. João Goulart – Categoria Mirim Maculino, Treinador: Prof. Marconi Bernardes
Na etapa Regional da 28ºCRE, das 6 vagas 5 ficaram com alunos de Alvorada – RS.
O evento, promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) reuniu alunos de escolas pertencentes às (30) trinta coordenadorias regionais de educação do estado, além de estudantes de escolas municipais e federais do RS. 
Participaram do campeonato (180) cento e oitenta jogadores, distribuídos nas categorias: mirim, infantil e juvenil, masculino e feminino.  Houveram premiação para o primeiro, segundo e terceiro lugar de cada divisão. 
O campeonato teve abertura oficial na sexta-feira, com recepção para os jogadores e autoridades, no ginásio da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) transcorreu durante todo o dia de sábado (15/11) no Colégio Estadual Manoel Ribas. 
A Final de Xadrez faz parte dos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul (JERGS), o maior campeonato do estado abrangendo todas as escolas públicas (municipais, estaduais e federais) e mobilizando toda a comunidade escolar para o desporto educacional ao longo do ano letivo.
Os vencedores da final de xadrez da categoria juvenil participarão do cruzamento entre as escolas públicas e particulares que acontece em novembro em POA e o vencedor vai representar as olimpíadas escolares brasileiras em Curitiba em dezembro deste ano.