Quem é e o que faz a Embrião?

A Embrião é uma entidade localizada em Alvorada-RS, fundada em 25/12/2001, que realiza atividades no estado do Rio Grande do Sul com o projeto pedagógico: EducaAção EcoLógica com Xadrez nas Escolas. Já realizou oficinas em Alvorada, Balneário Pinhal, Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Campo Bom, Candiota, Canguçu, Canoas, Dois Irmãos, Esteio, Gravataí, Guaíba, Harmonia, Nova Santa Rita, Parobé, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, São Leopoldo, Sapiranga e Viamão.

Em 2011, nos Jogos Nacionais do SESI - BA,
a ONG mostrou o projeto para empresários de todo o Brasil.

Tem como principal objetivo a educação ambiental de crianças e adolescentes e tem como ferramenta de trabalho o xadrez, incluindo assim de forma lúdica os seus alunos. A organização já foi reconhecida com prêmios como a Medalha João Saldanha (entregue à incentivadores de esportes); Reconhecimento Ambiental - Borboleta Azul (reconhecido pelo Governo do Estado através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente) e, por seis anos consecutivos, a Medalha de Responsabilidade Social (Assembléia Legislativa).

Trabalha em parceria com outras instituições e organizações para promover a conscientização e a inclusão. Um dos frutos dessas parcerias foi a bicicleta adaptada, chamada ODKV. Ela foi desenvolvida para deficientes visuais com o intuito de proporcionar a eles a sensação de andar de bicicleta. Desenvolveu também bicicletas especiais para Cadeirantes e Muletantes.

Também recolhe pilhas, baterias e outros lixos tecnológicos, assim como óleo de cozinha usado.

Para mais informações entre em contato por um dos meios citados abaixo:
Telefones:(51)3483-2914 ou (51)9986-7734
E-mails: ongembriao@gmail.com
ou ongembriao2010@gmail.com

Pesquise por matérias:

domingo, 30 de dezembro de 2012

Neste ano de 2012, aproximadamente 1 Tonelada de pilhas usadas foram retiradas do meio ambiente para um destino ecologicamente correto.
Uma parceria da OngEmbrião e o Banco Santader para descarte das pilhas usadas, recolhidas no projeto Educa Ação Eco Lógica com Xadrez nas Escolas, faz sucesso em Alvorada - RS.
A Embrião troca, com as crianças, na sala de aula, pecinhas de xadrez feitas em gesso por pilhas usadas, as crianças compreendem de forma lúdica que a natureza é frágil como o gesso e a importância de não colocar as pilhas no lixo comum, mas em garrafas pet. Estas pilhas são recolhidas e enviadar para Empresa Suzanquim em São Paulo, única no Brasil e reciclar pilhas usadas.
A quantidade de pilhas é atribuída aos valores das peças (valor relativo): Peão=1 pilha, Bispo ou Cavalo=3 pilhas, Torre=5 pilhas, Dama=9 pilhas e o Rei que tem valor infinito atribuíram o valor de 15 pilhas ou 1 Litro de óleo de cozinha que a entidade também esta em campanha de recolhimento. Desta forma, os alunos são levados a calcular a quantidade de pilhas necessária para completar um jogo ou parte dele. Aprendem também o mal que as pilhas fazem para a saúde e os respectivos cuidados com nosso meio ambiente.
Queremos agradecer a imprensa que contribui bastante na divulgação, o Banco Santader, a Soul, a Xalingo Bringuedos S/A, Rotary Club de Alvorada , Madereira Carlesso, a Prefeitura de Alvorada e o COMDEMA  pelo esforço de contribuir para melhorar a vida das pessoas desta cidade e do mundo e cuidando do planeta para as próximas gerações, um feliz ano novo pra tod@s . Um abraço !

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Em Esteio – RS o Centro Municipal de Educação Básica Oswaldo Aranha em parceria com a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião, possibilitar um espaço de conhecimento das atividades desenvolvidas para aproximar os alunos, funcionários e professores de instituições de diferentes esferas que possuem ações inclusivas para pessoas com deficiência.
Foi apresentado um jogo de xadrez adaptado, onde o enxadrista deficiente visual, Alan Toretti, jogou 4 partidas perdendo apenas uma. Também teve a exposição do Jogo de Xadrez Gigante Sustentável, produzido pelos alunos da E.M.Alberto Pasqualini. Os alunos também puderam andar na Bicicleta para Cegos, conhecida como ODKV.
Os alunos aproveitaram o último dia de aula para Oficina de Valores Humanos

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Uma parceria com a Secretaria Municipal de Esportes da Prefeitura Municipal de Porto Alegre e a Embrião, proporcionou a Mostra do Xadrez Gigante Sustentável, onde alunos enxadristas das escolas da Capital puderam brincar com os Jogos de Xadrez Gigante feitos com Jornais, revistas e grude (farinha de trigo, vinagre e água), antiga técnica chinesa de Papietagem.

domingo, 2 de dezembro de 2012

O início do último mês letivo proporcionou aos educadores práticas e debates na última etapa da conferência sobre o Xadrez Escolar. O Árbitro Nacional de Xadrez, AN Marcelo Konrath, coordenador do site Xadrez Gaúcho, preparou uma aula bem pedagógica sobre a técnica para ensinar as crianças. Além de incentivá-los através de filmes, revistas e livros sobre o assunto, Konrath propõe o início do aprendizado através dos dois Reis (ensinando o empate e o respeito), depois acrescenta a torre, o xeque e o xeque-mate (ensinando a perder e a ganhar) e na sequência apresenta as outras peças e as vitórias. impossíveis (estimulando a concentração, a lógica, o planejamento e a tomada de decisão, importantes nas outras disciplinas).
Depois da Conferência, Konrath jogou simultaneamente com todos os participantes, proporcionando a prática, a integração e a adrenalina do esporte.
Agradecemos aos palestrantes da Iº Conferencia sobre Xadrez Escolar: Ladir Albano Becker Brandt de Montenegro – RS, Professor Fernando Barros de Nova Petropolis RS e Marcelo Konrath de Campo Bom – RS. Obrigado Mestres, pela linda contribuição para a Educação e aos jogos de xadrez!

Cerca de seis mil pessoas participaram, neste  domingo (02), do Dia do Bebê no Parque, realizado, das 9h30min às 15 horas, no Parque Farroupilha, em Porto Alegre. Mais de cem entidades públicas e privadas foram envolvidas com o projeto que marca o encerramento da X Semana Estadual do Bebê, promovida pelo Governo do Estado.

Nos ambientes preparados para acolher e integrar pais e filhos, foram desenvolvidas várias atividades, como a Passeata dos Bebês, um dos pontos altos do evento, que reúne gestantes , bebês, crianças, pais e cuidadores. A Semana consta na agenda oficial de eventos do Governo do Estado e tem como finalidade mobilizar a sociedade gaúcha para a importância da atenção nos primeiros anos de vida.

Além das ações lúdicas e artísticas, o Dia do Bebê no Parque também é espaço de serviços para a população. No Estande da Embrião, por exemplo, foram apresentados os trabalhos (xadrez gigante sustentável) desenvolvidos nas escolas da Rede Municipal de Educação em parceria com a Embrião.


terça-feira, 13 de novembro de 2012

Jardim vertical, sustentável em hastes e no meio ambiente (feitos de garrafas pet embutidas e suspensas).
A proposta é trabalhar a questão ambiental de forma lúdica, com uma Introdução da fundamentação da Educação Ambiental, bem como a formação de multiplicadores das ações do projeto na respectiva comunidade; levando em conta, fundamentalmente o aproveitamento integral dos alimentos sem produtos químicos, reciclagem de resíduos sólidos e recolhimento de óleo de cozinha. As pessoas que trabalham nas escola são parceiras, gostam de trabalhar com plantas, algumas veem como terapia e aromático.
Dia 13/11/, na Escola Cecília Meireles foi feito só com flores, com as turmas da Professora Ana (1º Ano), Jurema (4º Ano) e Professor Marcio (6º Ano). Depois de assistirem o documentário "Oceano Plastico" e conversarem sobre a questão do plástico no mundo, o que podemos fazer ?  partiram para ação de plantar as mudas de flores.
A comunidade gostou e ficou de multiplicar estas ações.
Algumas sugestões nas disciplinas:
Matemática:  Calcular a quandidade de água absorvida pelas plantas nas 4 estações do ano; 
Artes: explorar as diversas formas de fazer outros trabalho com pet; 
História: trabalhar a questão da origem do plástico, quais paises utilizam sacolas plásticas. As origens das plantas. De onde veio o eucalipto. ? 
Geografia: abordar a localização de diversas plantas (Macela  é aqui do sul); 
Educação Física: Regar as plantas, estimular os musculos, capinar, mexer a terra do minhocário;
Portugues: Escrever um Relatório sobre o horto escolar. Fazer um Blog com acompanhamento da Professora, fazer uma faixa sobre o horto na escola, fazer um bilhete escrito a mão para cada morador, esplicando sobre o projeto.
Acreditamos que essa atividade extra curricular  contribuirá na educação.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

A ideia era ensinar aos estudantes, por meio do jogo, sobre matemática, sustentabilidade e arte

Da Redação -  Jornal VS

São Leopoldo  - Com o apoio da ONG Embrião, da cidade de Alvorada e dos alunos da Unisinos que fazem parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), que trinta alunos da sétima série da Escola Estadual Mário Sperb, aprenderam ontem à tarde a construírem peças gigantes de xadrez usando a técnica chinesa papietagem, que consiste em fazer camadas de jornal e cola sobre um molde para criar uma réplica. A escola já tem tradição no jogo e um tabuleiro gigante, onde os alunos que jogam são as próprias peças. A ideia foi baseada em três eixos: ensinar aos estudantes por meio do jogo sobre matemática, sustentabilidade e arte.

Para o diretor José Ademir Reck, essa também foi uma maneira de incentivá-los a continuar jogando. “São ações como essas que fazem eles pensarem no futuro como um todo, pois existem diversos valores envolvidos. Além disso, o próprio jogo de xadrez faz com que eles trabalhem o raciocínio e a concentração’’, contou ele que ressaltou que os monitores do PIBID passarão a técnica para os alunos que não puderam acompanhar o curso Educa Ação Eco Lógica com Xadrez na Escola foi levado pela ONG a pedido do diretor. “Eu vi a motivação deles pelo jogo de tabuleiro e resolvi buscar atividades ligadas ao jogo. A escola não teve custo algum.’’ Os alunos terão as peças-moldes a disposição até que todas as réplicas estejam prontas.

Sustentável

Intercalando camadas de jornais e folhas de revista com cola caseira sobre moldes gigantes de peças de xadrez, os alunos aos poucos não só vão construindo o próprio jogo como vão aprendendo também sobre sustentabilidade. “É melhor fazer do que comprar, até porque é mais divertido’’, contou o aluno Samuel Luz, 14 anos. A escola que quiser receber as ações da Embrião, deve entrar em contato pelo telefone 3483-2914.


sábado, 13 de outubro de 2012

As crianças se divertiram com a Festa de Rua - Dia da Criança na Jaguari
Dia 12 de Outubro dia da Criança.
Com Torneio de Xadrez, Passeios com as ODKV´s (bicicleltas adaptada para cegos),
Apresentação de flauta doce do Grupo PRIMA - Projeto de Iniciação Musical de Alvorada e sorteio de brindes e distribuição de balas e pirulitos.
Organização: Bazar Ki Barato
Apoio: Embrião
Patrocinio: Nego Car

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

A proposta é uma Introdução da fundamentação da Educação Ambiental, bem como a formação de multiplicadores das ações do projeto na respectiva comunidade; levando em conta, fundamentalmente o aproveitamento integral dos alimentos sem produtos químicos, reciclagem de resíduos sólidos e recolhimento de óleo de cozinha.
As pessoas que trabalham nas escola são parceiras, gostam de trabalhar com plantas, algumas veem como terapia e aromático.

Além das hortaliças a horta terá temperos, flores e chás.

Alunos representantes de todas as turmas, que fizeram parte da oficina,  ficaram de falar sobre o filme com os colegas, na sala de aula.

Os educadores mostrarão o Documentário "Oceano Plastico", como forma de implementar a campanha de coleta de garrafas pet.

O desejo dos colaboradores é colocar um vaso vertical de 6 garrafas em cada coluna da área da escola.

Depois do documentário as crianças puderam ver que o plástico continua terminando com vidas por até 20 gerações, pois demora 500 anos para se decompor.

No dia 04 de  Outubro foi a vez da E.M.E.F. Monteiro Lobato, todos os alunos das 5º Séries. Acompanhe por aqui o desenvolvimento das Hortas

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Foi um sucesso o 3° CAMPEONATO ROTARY DE XADREZ em Alvorada RS, dia 30/09/2012 (Domingo), na ACIAL – Rua Piaui, n ° 429, com o objetivo de proporcionar aos enxadristas da região uma competição sadia que integre e envolva vários grupos de jogadores dentro da arte do xadrez.
As boas noticias  são:  Ficou marcado para o dia 29-09-2013, o  4ª Campeonato Rotary de Xadrez e construir uma articulação com os Rotary de Cachoeirinha e Viamão para construirmos outros eventos dessa natureza.
Os alimentos arrecadados  foram doados para Hospetagem O SOL no Jardim Alvorada, desta forma os rotarianos de Alvorada multiplicam a ação em lazer, esporte, educação, meio ambiente, integração e inclusão social.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012


A Bicicleta adptada para Deficientes Visuais (ODKV) com seus ciclistas cegos e colegas de aula fizeram sucesso no desfile escolar no dia 07 de setembro de 2012. A Escola Antonio de Godoy com um grupo de alunos mostraram o xadrez humano em cima do tabuleiro.

Parabéns pelo belo desfile

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

A Escola de ensino médio Politécnico Felix da Cunha,  procura intervir através do esporte para melhorar a educação num todo. Conforme a Professora  de Matemática, responsável pelas Oficinas de Xadrez na Escola, falou que o jogo de xadrez sustentável ira agregar as diversas disciplinas como Portugues, Matemática, Artes, Religião, meio ambiente  e valores humanos.
No dia 24 – 08 (sexta-feira) os professores, alunos e comunidade escolar, participaram do Curso de Formação de multiplicadores das Oficinas de  Xadrez Gigante Sustentável.  A proposta da Embrião é que outras escolas também tenham interesse de incluir, com estes novos Instrutores, os jogos de xadrez na escola através da Arte de Papietagem.

Contatos em Pelotas:
E.E.Felix d a Cunha, Rua Benjamin Constant, 1459, no centro de Pelotas – RS, Fone 53-3278-6677, e-mail: colest.felixdacunha@gmail.com
ou pelos contatos da Embrião:
51-3483-2914, ongembriao2010@gmail.com


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Aconteceu nesta Quinta-Feira, dia 30/08, as 10 horas, na Escola Municipal Emélia Schemes de Gravatai, uma oficina de papietagem através do projeto Mais Educação. Oficina esta ministrada pela ONG Embrião juntamente com o Arbitro e Professor  de Xadrez, Josias Teles, Colaborador da Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião.
A oficina procura através da Arte da Papietagem incentivar os alunos para o gosto de aprender a jogar e praticar este esporte milenar, auxiliando em todas as disciplinas. Busca também despertar nas pessoas, os valores humanos produzidos através do conhecimento e prática do jogo de xadrez. Além de ganhar ou perder, treinar a parte lógica, com o jogo as crianças aprendem a ser criativas, parceiras, curiosas, criticas, comunicativas, concentradas, itens importantes para o estudo e para cuidar do nosso meio ambiente. As crianças podem desenvolver outras peças de xadrez gigantes com esta antiga técnica chinesa de Papietagem

O Cronograma da Oficina consciste em:

1) Demonstrar, através de pesquisas, que o jogo de xadrez ajuda em todas as disciplinas;
2) Apresentar o curta metragem "O Xadrez das Cores", onde o jogo é explorado além da lógica e resgata valores humanos, propondo temas da história, racismo,  religião, aborto e o respeito as regras;
3) Discussão sobre o que fazer com as pilhas, o óleo de cozinha e o papel e seus respectivos impactos na natureza. 
4) Iniciar a produção de Peõs, Torres, Cavalos, Bispos, Rainhas e Reis gigantes do jogo de xadrez. No total serão produzidas 32 peças pelos alunos e professores da escola.

A proposta é envolver os professores, alunos e a comunidade interessada, através da sensibilização. Se estiver interessado em ampliar o projeto para outras escolas do município, entre em contato : 8584-8929.

domingo, 26 de agosto de 2012

Através de uma oficina de papietagem alunos do primeiro ano do Ensino Médio politécnico da Escola Coronel Pedro Osório, em Pelotas, começaram a produzir peças gigantes de xadrez. A primeira aula ocorreu nesta quinta-feira (23) à tarde no minicurso oferecido pela Organização Não Governamental (ONG) Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião.

A ideia central do projeto, intitulado Xadrez Gigante Sustentável, explica o coordenador da iniciativa, Josué Aguiar, é trabalhar a educação ambiental e ensinar a arte através do papel. Dividida em duas partes, a oficina começa com uma palestra de sensibilização dos alunos enfocando o meio ambiente. Num segundo momento, através de moldes, as crianças aprendem a técnica da papietagem para dar início ao trabalho, que durará aproximadamente um mês, de criação das 32 peças.

Aguiar explica que a ideia de criar peças gigantes está ligada ao interesse que isso desperta em crianças e adolescentes. E foi com esse intuito que a diretoria da escola procurou a instituição responsável pelo minicurso.
Com um projeto piloto desenvolvido desde o ano passado o educandário percebeu que não estava conseguindo sensibilizar os alunos da escola para a participação nas aulas de xadrez, oferecidas a todos os estudantes da escola, nos sábados pela manhã. "Com a oficina queremos sensibilizar toda a escola para integrar o projeto piloto", diz a diretora do educandário, Cleuza Beatriz Zanolla. Ela explica que o intuito da escola é ampliar a iniciativa Xadrez, o jogo inteligente e criar um grupo fixo que participe de campeonatos. Além disso, a partir de outubro, as aulas de xadrez devem ser estendidas a 90 alunos da instituição que participam do projeto do governo federal Mais Educação. "O jogo é importante porque desenvolve o poder de reflexão, concentração, compreensão e solução de problemas, além do raciocínio", ressalta a professora. Na sexta a oficina ocorrerá na Escola Estadual Félix da Cunha.
Diário Popular
Por: Fernanda Franco
fernanda@diariopopular.com.br

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

26 jovens e crianças participaram da IIIº Etapa do Circuito Eco Lógico de Xadrez Escolar – Região Metropolitana de Porto Alegre, aconteceu no dia 19/08/2012, (domingo) na E.M.E.F Gentil de Godoy, a partir das  14 horas. No dia do evento foi feita uma Exposição do Xadrez Gigante Sustentável, desenvolvido pelas crianças nas escolas.
O Circuito Eco Lógico de Xadrez Escolar acontece em etapas mensais (sempre nos finais de semana). A proposta da Embrião é buscar parcerias para construir sua nova sede na Travessa Tradicionalista Sócrates Carvalho de Oliveira, 38 – Jardim Esplanada (final da Rua União – Parada 49) em Alvorada – RS, para atender as crianças todos os finais de semana. É importante a participação e colaboração de pessoas que acreditam que este esporte pode ajudar na formação do cidadão.

Federação Gaúcha de Xadrez e a Embrião, procuram mostrar a importância do jogo de xadrez Escolar, na formação profissional, como investimento na educação em todas as disciplinas, como esporte e como educação ambiental.

Dia 19 de agosto, a Embrião reuniu-se com o Grande Mestre Internacional de Xadrez Darcy Lima, que conheceu o trabalho da Embrião através da internet e acredita que ele pode dar certo em outros lugares. Neste encontro foi discutida a relevância e a singularidade do projeto EducaAção EcoLógca - Xadrez Sustentável, em um aspécto não apenas regional e sim global. A Embrião possui algo que deve ser espalhado e, nesta linha de pensamento, foi proposta uma apresentação do projeto em Istambul em 2013. Darcy Lima é Presidente da Abrespi, Vice Presidente da Federação Internacional de Xadrez Seção Américas, Treinador Nacional de Xadrez – Diploma emitido pela Confederação Brasileira de Xadrez –, Treinador da Federação Internacional de Xadrez – Fide Trainer –, Consultor da Federação Internacional de Xadrez para Projetos Sociais, Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Xadrez, Presidente da Confederação Brasileira de Xadrez de 1999 até 2005.
Clique para ampliar


"A oportunidade de aliar o xadrez com práticas sustentáveis deixou a nossa escola numa expectativa muito grande pelo novo. Valorizamos o xadrez em sala de aula como forma de aprimorar as habilidades do raciocínio, as estratégias de pensamento e, sobretudo, a reflexão prévia de atitudes voltadas para a análise dos resultados que se pretende. Com o objetivo de estarmos sempre buscando novas parcerias que visem o enriquecimento de nossas práticas escolares, ficamos felizes com a Oficina de Xadrez Gigante Sustentável em nossa cidade. A Ong Embrião traz pela primeira vez à Guaíba através da EMEF Rio Grande do Sul, a oficina que nos ensinará a técnica da papietagem na construção de peças gigantes do Xadrez. Além de estimular ainda mais os nossos alunos pelo encantamento do jogo, visamos constuir uma sociedade mais ciente de seus deveres com a natureza, preservando o Meio Ambiente através de novas metodologias". À disposição, Profª Daiane – Guaíba - 3401-0622.

A Embrião esta treinando multiplicadores nas comunidades interessadas para implantação dos jogos de xadrez através da arte, atendendo as crianças nos Programas Mais Educação, Escola Aberta ou projetos das própria escola, com as Oficinas de Papietagem (antiga técnica chinesa) para construção de PEÇAS GIGANTES DE XADREZ através do Xadrez Sustentável que a Embrião oferece para as comunidades interessadas.
As crianças trazem papel, Jornais, revistas e impressos de propaganda para estas oficinas. Os instrutores misturam farinha de trigo, vinagre e água produzindo um grude que serve para confecção das peças.
Desta forma, GUAIBA - RS é mais uma cidade da região metropolitana de Porto Alegre a semear esta cultura que une esporte, meio ambiente, educação e valores humanos através da arte.Onde as crianças aprendem sobre a História do Papel, como este material é utilizado no dia de hoje no mundo inteiro, sua produção e consumo. Aprendem a fazer material artístico com a reciclagem.

A proposta é envolver os professores, alunos e a comunidade interessada, através da sensibilização, ampliar o projeto para todas as Escolas do Município.

1) Mostrar pesquisa que o jogo de xadrez ajuda em todas as disciplinas;
2) Apresentar o curta metragem: O Xadrez das Cores (o jogo de xadrez vai além da lógica e resgata valores humanos, propondo temas da história, racismo, religião, aborto e o respeito as regras);
3) O que fazer com as pilhas, o óleo de cozinha e o papel,
4) Iniciar a produção de Peõs, Torres, Cavalos, Bispos, Rainhas e Reis gigantes do jogo de xadrez, no total serão 32 peças que as crianças, juntamente com a professores da escola.
Objetivo ? O projeto consiste em despertar nas pessoas, os valores humanos produzidos através do conhecimento e prática do jogo de xadrez. Além de ganhar ou perder, treinar a parte lógica, com o jogo as crianças aprendem a ser criativas, parceiras, curiosas, criticas, comunicativas, concentradas, itens importantes para o estudo e para cuidar do nosso meio ambiente. 
Mais informações no telefone da Escola: 3401-0622

O evento,aconteceu no dia 11/08, promovido pelo Ex-presidente da Federação Gaúcha de Xadrez, José Luiz de Aragão de 68 anos, parceiro da Embrião. O seu filho Luiz Henrique Aragão de 12 anos, estudante da Escola Leonardo da Vince,  também participou da competição, já conquistou o primeiro lugar na sua categoria na Copa QI em Novo Hamburgo.  Henrique segue o exemplo do pai. Joga desde os 9 anos. Já foi campeão estadual na sub 10, ganhou torneios em Tramandaí e participou de outros em Sapiranga e Curitiba - ficou em 6° lugar. 
José de Aragão é formado em Economia e Ciências Contábeis. Fez mestrado em Administração na Fundação Getúlio Vargas em São Paulo. Trabalhou como delegado de polícia. Ele foi eleito três vezes como presidente na Federação Gaúcha de Xadrez entre 1998 e 2006. 
Ele começou a jogar xadrez desde os seus 11 anos. Aproveitava o recreio na escola para praticar o esporte sem estudar fielmente. Participava de clubes de bairros. Seu amigo e colega delegado de polícia Mena Barreto foi o seu mestre no estudo do esporte. Ele ensinou as regras principais e emprestou livros.
Aragão já viajou para dois campeonatos mundiais de jovens e uma olimpíada pelo xadrez na Espanha, representando o país como dirigente. Não é somente o xadrez que o encanta, ele também já foi campeão em atletismo. Já viajou para a África pelo esporte. Devido aos problemas causados por uma lesão no joelho, ele precisou parar de correr. Isso o motivou a jogar e se dedicar mais ao xadrez. 
Ele declara o seu sentimento pelo esporte com uma frase de Siegbert Tarrasch "xadrez é como o amor, como a música tem a virtude de fazer o homem feliz".

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Neste sábado, dia 14 de Junho, num evento pré-olímpico, a Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado  ASTC e a Embrião levaram os jogos de xadrez EcoLógicos para seus associados. Com oficinas em tabuleiros de mesa e com peças gigantes feitas com folhas de jornais e revistas as crianças, de forma lúdica, aprendem e praticam as regras do jogo de xadrez em sintonia o respeito ao meio ambiente.
Local do evento: Sede Social da ASTC, Rua Itapitocaí, 675. Bairro: Cristal Porto Alegre/RS, Atrás do Barra Shopping. Contato: (51) 3212-4558 e 3013-5256.
Reportagem:  ASTC - Um sábado de muito treino e confraternização


sexta-feira, 6 de julho de 2012

O xadrez gigante sustentável é semeado na Encosta da Serra Gaúcha.
Mesmo com chuva intensa, a sexta-feira, dia 06/07/12, os alunos da E.M.E.F. João Muck em Parobé – RS, participaram da Oficina de implantação do xadrez gigante sustentável, dentro do programa 5 R´s. A proposta é levar a oficina para outras escolas da Região da Encosta da Serra. Em parceria com a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião a escola inicia o projeto em Parobé, idealizado pela direção da escola de começar de uma forma lúdica, este projeto de jogos de xadrez eco lógicos. A proposta é envolver os professores, alunos e a comunidade interessada, através da sensibilização, ampliar o projeto para outras Escolas do Município.
Objetivo ? O projeto consiste em despertar nas pessoas, os valores humanos produzidos através do conhecimento e prática do jogo de xadrez. Além de ganhar ou perder, treinar a parte lógica, com o jogo as crianças aprendem a ser criativas, parceiras, curiosas, criticas, comunicativas, concentradas, itens importantes para o estudo e para cuidar do nosso meio ambiente.

sábado, 30 de junho de 2012

No dia , 26 de Junho de 2012, em Alvorada – RS, no Auditório da Secretaria de Educação de Alvorada, educadores populares e professores participaram da Abertura da Conferencia sobre o Xadrez Escolar. A proposta é discutir o esporte como ferramenta para outras disciplinas. O Palestrante Ladir Albano Becker Brandt de Montenegro – RS, filho de uma família dedicada a Educação, discursou sobre a importância do Xadrez nos Laboratórios de Aprendizagem ou Sala de Recursos. Os representantes das Escolas: Recanto da Lagoa de Viamão, Normélio, Metrópole Xadrez Clube, Hebert de Souza e Padre Léo Seidel, Costa e Silva, Sala Verde e Frederico Dihl valorizaram o evento com suas participações. Obrigado Mestre Ladir, pela tua linda contribuição para a Educação e aos jogos de xadrez !

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Mesmo com o frio de domingo, dia 17 de Setembro, 27 enxadristas participaram da V Copa QI de Xadrez, perdeu quem não participou. Enxadristas de Porto Alegre e Canoas também vieram participar. A QI em parceria com a Federação Gaúcha de Xadrez e a Embrião, procuram mostrar a importância do jogo de xadrez Escolar, na formação profissional, como investimento na educação em todas as disciplinas, como esporte e como educação ambiental.

domingo, 10 de junho de 2012

Aconteceu neste domingo, dia 10 de junho, a décima edição do Eco Passeio Ciclístico de Alvorada, com a organização da Ong Embrião em parceria com a E.E.Salgado Filho, E.M.Hebert de Souza, E.M.Padre Leo Seidel, Ong Vemos com as Mãos, Look Bike e Mágico das Bicicletas. O evento fez a diferença no encerramento da XVIII Semana do Meio Ambiente em Alvorada-RS. Participaram 60 Ciclístas, entre eles, 6 Deficientes Visuais, graças a ODKV. O evento, juntamente com o sucesso da bicicleta adaptada para cegos que já foi alvo da mídia outras vezes, trouxeram equipes de filmagem para acompanhar o passeio.
Ao término, houveram entrega de troféus para os destaques, sorteios de brindes e de uma bicicleta.

domingo, 3 de junho de 2012

A IIº Etapa do Circuito Eco Lógico de Xadrez Escolar – Região Metropolitana de Porto Alegre, dia 27/05/2012, no CTG Bento Gonçalves, participaram 34 crianças e jovens. Com o apoio da SMED e das Escolas o objetivo é preparar as Categorias Mirim, Infantil e Juvenil para participar das competições do JERGS.

O Circuito Eco Lógico de Xadrez Escolar acontece duas etapas por mês (sempre nos finais de semana). A proposta da Embrião é buscar parcerias para construir sua nova sede na Travessa Tradicionalista Sócrates Carvalho de Oliveira, 38 – Jardim Esplanada (final da Rua União – Parada 49) em Alvorada – RS, para atender as crianças todos os finais de semana. É importante a participação e colaboração de pessoas que acreditam que este esporte pode ajudar na formação do cidadão. No dia do evento foi feita uma Exposição do Xadrez Gigante Sustentável, desenvolvido pelas crianças nas escolas.

Importante: Dia 17/06/2012 Copa QI de Xadrez Etapa Alvorada, na Escola QI de Alvorada, podem participar enxadristas de outras cidades.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Com a Câmara de Vereadores lotada no dia 31/05/12, as 19 hs. A Embrião teve o privilégio de mostrar seu trabalho para Professores e Alunos de Alvorada, através do Colóquio de Educação Ambiental, promovido pela Sala Verde de Alvorada em parceria com a Secretaria de Educação. Com o tema “A quem pertence o Planeta Terra ?” Josué Aguiar, Palestrante, falou sobre os resultados do trabalho da Embrião, e sobre o lixo doméstico, com ênfase nos materiais que já trabalham (Papel = Papietagem, Pilhas = Reciclagem, Óleo de Cozinha = BioDisel ou sabão, Plástico = Reciclagem). Na ocosião os Professores foram convidados para a Conferencia sobre o Xadrez Escolar, que acontece nos dias 26 a 29 de Junho de 2012, no Auditório da SMED, a partir das 18hs 30min.

Em junho completam-se 40 anos da instituição do Dia Mundial do Meio Ambiente. Em 1972 a ONU organizou a 1º Conferência Mundial de Meio Ambiente que aconteceu em Estocolmo, na Suécia, aberta em 5 de junho. Também, nesta semana, estará acontecendo a RIO+20, a Conferência da ONU sobre o Desenvolvimento Sustentável no Rio de Janeiro, marcando os 20 anos da realização da ECO 92.

domingo, 20 de maio de 2012

A expressiva presença da comunidade, buscando usufruir dos serviços e benefícios disponibilizados gratuitamente, superou amplamente as edições anteriores do Dia da Solidariedade.

No sábado, 19 de maio, quando a lona branca que cobria os estandes se abriu, milhares de alvoradenses já se aglomeravam nas filas para cortar o cabelo, fazer a carteira de trabalho, de Identidade ou o Cadastro de Pessoa Física (CPF), medir a pressão arterial, a glicose, se informar sobre cuidados bucais, questões jurídicas ou de qualificação profissional, citando apenas alguns itens entre as ações oferecidas.

A Equipe da  Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião, pelo 8º ano consecutivo, também ofereceu atividades de lazer para crianças, levando jogos lógicos, tabuleiro gigante de Xadrez e tabuleiros de mesa.

PROXIMA AGENDA: 27/05/2012, II Etapa do Circuito Eco Lógico de Xadrez, CTG Bento Gonçalves, Final da Rua União em Alvorada – Jardim Esplanada, a partir das 14 horas.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Iniciamos neste sábado, dia 12 de maio, as 9 horas, com apoio da Secretaria da Educação, CTG Bento Gonçalves e Federação Gaúcha de Xadrez, o Circuito EcoLógico de Xadrez Escolar, com o objetivo de despertar a consciência ambiental e valores humanos através do xadrez. O Circuito teve 5 rodadas 16x16, ko, com Swiss Manager. Ocorreu no no CTG Bento Gonçalves, na Tv. Tradicionalista Sócrates Carvalho Oliveira, 38 – Jardim Esplanada (Final da Rua União – Parada 49 – Alvorada – RS).
O circuito faz parte do Projeto de EducaAção EcoLógica com Xadrez nas Escolas da Sociedade Cultural Educacional e Ambientalista Embrião. O projeto consiste em despertar nos participantes os valores humanos adquiridos no conhecimento e na prática do jogo de xadrez. Além de ganhar ou perder, treinando a parte lógica do jogo, as crianças se tornam criativas, parceiras, curiosas, críticas, concentradas, comunicativas e, principalmente, despertam a conscientização ambiental. 
Houve também no local exposição de peças de xadrez gigante feitas de papietagem, de discos de papelão e de papelão de encaixe, feitos pelas crianças das escolas de Alvorada.
Os enxadristas presentes definiram um calendário anual do circuito que será divulgado para todas as escolas da região metropolitana.

terça-feira, 8 de maio de 2012

O Colégio Agrícola Daniel Oliveira Paiva - CADOP, na Rua Bonifácio Carvalho Bernardes, 1400, em Cachoeirinha – RS, em parceria com a Sociedade Cultural, Educacional e Ambientalista Embrião iniciaram, no dia 03/05/12, a construção de peças gigantes de xadrez feitas de material reciclado.
A Embrião esta treinando multiplicadores nas comunidades interessadas para atender os alunos nos Projetos Mais Educação e Escola Aberta com as Oficinas de Papietagem (antiga técnica chinesa)  para construção de PEÇAS GIGANTES de Xadrez.
As crianças trazem papel, Jornais, revistas e impressos de propaganda para estas oficinas. Os instrutores misturam farinha de trigo, vinagre e água produzindo um grude que serve para confecção das peças.
Desta forma, Cachoeirinha é mais uma cidade da região metropolitana de Porto Alegre a semear esta cultura que une esporte, meio ambiente, educação e valores humanos através da arte.Onde as crianças aprendem sobre a História do Papel, como este material é utilizado no dia de hoje no mundo inteiro, sua produção e consumo. Aprendem a fazer material artístico com a reciclagem.
Objetivo ? O projeto consiste em despertar nos multiplicadores os valores humanos produzidos no conhecimento e na prática do jogo de xadrez. Além de ganhar ou perder, treinando a parte lógica do jogo as crianças aprendem a ser criativas, parceiras, curiosas, criticas, concentradas, comunicativas e, principalmente, despertar a conscientização ambiental.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Uma parceria do Colégio Estadual de Ensino Médio Raul Pilla, do Bairro Restinga em Porto Alegre com a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião de Alvorada RS, esta proporcionando aos Alunos  no Turno Inverso o prazer de Estudar e gostar dos jogos de xadrez.

No projeto Mais Educação, aproximadamente 200 crianças tem oficinas de Xadrez, Judô, Português, Matemática, Informática, Percusão, Ciências, Jornal Escolar, Desenho, Dança e Basquete de Rua.

A Embrião esta treinando multiplicadores da comunidade para atender os alunos da Escola com as Oficinas de Papietagem (antiga técnica chinesa)  para construção de PEÇAS GIGANTES de Xadrez.

As crianças trazem papel, Jornais, revistas e impressos de propaganda para estas oficinas. Os instrutores misturam farinha de trigo, vinagre e água produzindo um grude que serve para confecção das peças.

Desta forma as crianças aprendem sobre a História do Papel, como este material é utilizado no dia de hoje no mundo inteiro, sua produção e consumo. Aprendem a fazer material artístico com a reciclagem.

A Segunda parte será o desenvolvimento das peças gigantes feitas com PEÇAS GIGANTES de Xadrez em Discos de Papelão e com Xadrez Gigantes em Display de Papelão.

Para o dia 16 de Junho de 2012, estão previsto um Torneio de Xadrez de Integração com a Inauguração das Peças Gigantes de Xadrez.

A Professora Kate, responsável pelo projeto confirmou que após a implantação do projeto, diminui a evasão escolar, houve mais proximidade das crianças, com a parte lúdica  houve melhora na educação e que as crianças estão aproveitando bem as novas oficinas.

A Escola tem 1200 alunos e é uma das mais numerosas da Região.

Na conferência, professores aprenderam a produzir as peças gigantes do jogo de xadrez
Professores do Grupo de Formadores Ambientais do Programa Quero-Quero participaram, na noite de sexta-feira e na manhã de sábado, de uma Conferência sobre o Jogo de Xadrez Escolar. Ministrado pela Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião, no Centro de Formação Escola Viva Zona Oeste. O  evento, que ainda prevê mais dois encontros, está preparando estes educadores para se tornarem multiplicadores da proposta pedagógica de uso do xadrez para facilitar o aprendizado e despertar a conscientização ambiental nas escolas do Município.
O Quero-Quero, da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) de Rio Grande, contratou a Embrião, para fazer a formação do Grupo nesta proposta. A Embrião é uma entidade localizada em Alvorada que realiza atividades no Estado do Rio Grande do Sul com o Projeto Pedagógico: Educa Ação Eco Lógica com Xadrez nas Escolas. Tem como principal objetivo a educação ambiental de crianças e adolescentes e como ferramenta de trabalho o xadrez nas escolas, incluindo-o de forma lúdica e ecológica. Na conferência, os professores receberam conhecimentos sobre o projeto e aprenderam a produzir as peças gigantes, utilizadas para o trabalho de educação ambiental e como ferramenta no ensino, usando a técnica de papietagem (papel molhado e grude).
Conforme a coordenadora do Programa Quero-Quero, Roselle Rodrigues, a Smec adquiriu os moldes das peças gigantes para as escolas interessadas fazerem a papietagem. Para formar cada unidade, são colocadas 15 camadas de papel com grude nos moldes. Depois de seca e desenformada, a peça fica resistente e não quebra. "É um trabalho artístico e que tem durabilidade. E feito com material que iria para o lixo e é reaproveitado", observa a coordenadora. Cada professor produziu uma unidade. No próximo encontro, que deverá ocorrer dentro de um mês, quando as peças estarão secas, o grupo aprenderá a desenformar (retirar do molde) e a jogar xadrez. Depois, haverá um período para aperfeiçoamento.
Os multiplicadores vão estimular os estabelecimentos de ensino a aderirem ao Jogo de Xadrez. Para os colégios interessados, o Programa fará convênio com a Embrião para ministrar-lhes oficinas. A Escola Municipal de Ensino Fundamental Olavo Bilac já demonstrou interesse, inclusive para participar de competições, e deverá ser a primeira contemplada. A intenção é estimular nos estudantes o desenvolvimento do raciocínio lógico e ensinar um brinquedo que os beneficiará muito. "O xadrez nos faz parar e calcular o que fazer e ensina a brincar aprendendo", salientou Roselle.
Experiência
A professora Maria Cecília Bettin dos Santos, representante da Embrião Região Sul, apresentou no evento a experiência da Escola Estadual de Ensino Médio João de Deus Nunes, de Canguçú. Na João de Deus Nunes, o jogo de xadrez foi inserido na sala de aula em 2005. Em 2010, ela conheceu O projeto de Alvorada e começou a trabalhar com reaproveitamento de jornal. A atividade é desenvolvida com o 4º ano. A direção mandou construir um tabuleiro gigante e as peças estão sendo feitas com os alunos. Segundo Maria Cecília, o resultado tem sido ótimo. "O jogo de xadrez trabalha a auto-estima, as diferenças sociais, a disciplina. As crianças se tornam mais tranquilas, se concentram mais, ficam com a memória mais ativa e aprendem melhor", ressaltou.
Integração
O vice-presidente de Xadrez Escolar da Federação Gaúcha de Xadrez e coordenador do projeto na Embrião, Josué Aguiar, disse que essa foi a primeira conferência feita pela Federação no Estado. "A conferência é importante porque mostra a educadores como trabalhar o xadrez na sala de aula. Queremos mostrar aos professores que o xadrez é muito importante porque ensina concentração, disciplina, que são importantes para o aprendizado das matérias", salientou. Segundo Aguiar, os estudante gostam e querem jogar principalmente porque o xadrez os integra com outras pessoas. "A integração é o forte", ressaltou.
A Embrião é uma organização não-governamental, cujo foco é trabalhar a conscientização ambiental. Faz campanhas de recolhimento de papel, pilha usada e óleo de cozinha. A conferência foi organizada pela ONG, Smec e Centro de Formação Escola Viva, com apoio do Sesi e da Federação Gaúcha de Xadrez.
Fonte Jornal Agora
Por Carmem Ziebell
carmem@jornalagora.com.br

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Andressa Matos, Deficiente Visual, Categoria Mirim do JERGS, surpreendeu no Xadrez.
12 Anos, Deficiente Visual, ficou na frente de 21 crianças da sua categoria. Ganhou 4 jogos de um total de 5. Olhe o resultado nas fotos abaixo.
O mesmo número de vitórias do 2º e 3º Lugar devido outros critérios técnicos do programa de emparceiramento Swiss Perfect.
Parabéns Andressinha, pela Classificação em 3º lugar na Categoria feminina !
Obrigado a todos os Professores (as) que participaram e promovem os jogos de xadrez nas suas Escolas.
Lembre-se:
ABERTURA DO CIRCUITO ECO LÓGICO DE XADREZ
DIA: 12/05/12 (Sábado) 9 horas, LOCAL: CTG Bento Gonçalves - Final da Rua Viamão - Parada 49 de Alvorada - RS
Inscrição: Óleo de Cozinha ou Pilhas Usadas
Contribuição: Alimentos não Perecíveis
Almoço: R$ 5,00 (cinco reais) = Carreteiro – Confirmar no horário da inscrição.
5 Rodadas, Sistema Swiss Perfect, Tempo de reflexão :31 x 31 ko
Premiação: Será fornecido um certificado em cada etapa do circuito, o melhor de 5 etapas será o campeão, premiado com troféu no final do ano.
Informações: 3483-2914

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Ciclistas que acordam na madrugada para manter a tradição da coleta da macela, tiveram um Passeio da Macela Especial. A Vemos com as Mãos, entidade que apóia os Deficientes Visuais de Alvorada, levou sua ODKV para este evento místico e saudável. Os Deficientes Visuais, Raí e Bruno juntamente com a Professora Fátima e o Professor Correria guiaram os ciclistas que adoraram. Parabéns a vocês por mais este desafio. No próximo ano será pensado adaptações no ODKV, para que percorra todo o trajeto que tem caminhos íngremes.
Todos os anos os empresários do ramo ciclístico de Alvorada juntamente com a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião organizaram para este tradicional PASSEIO DA MACELA Os objetivos são de colher esta planta da medicina popular que é símbolo do Rio Grande do Sul, antes do nascer do sol, estimular o uso da bicicleta como transporte ecologicamente correto, alternativo e saudável.
O horário é ótimo porque não tem a poluição do carros e o local da colheita e das trilhas são um espetáculo da natureza com o nascer do Sol. Nos últimos passeios muitas pais levaram seus filhos pequenos.
Seu habitat natural é a América austral oriental, florescendo espontaneamente no Uruguai, Paraguai e sul do Brasil. Em nosso Estado cresce abundantemente sob forma de vegetal silvestre, tanto em solos arenosos como em solos basálticos.Sua coleta é cercada de misticismo e religiosidade pois o povo acredita que a macela só terá ação terapêutica se for colhida durante a Semana Santa, de preferência no alvorecer da Sexta-feira da Paixão. A época de floração ocorre durante os meses de março e abril, coincidindo com a época da referida festa religiosa e com o período de maturação das flores.
            A Saída da parada 47 as 4:30, Getulio Vargas, Vila Elza, Autotromo de Taruma, Beco dos Rosas, Distrito Industrial Viamão/Alvorada e término ás 15 horas.
Além de prazer do passeio o grupo mostra  que a Bicicleta  é um transporte alternativo ao caos ambiental causada principalmente pelo queima de combustíveis. O aquecimento global  acontece com nossas pequenas atitudes, se nos esforçar para mudar um outro mundo será possível.  com nossas pequenas atitudes, se nos esforçar para mudar um outro mundo será possível. Ajude a divulgar.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Aconteceu no dia 03/04/12, nas dependências da sede social do Esporte Cube Cruzeiro de Canguçu, uma reunião que marcou o iníco das atividades do Clube de Xadrez Canguçu, que contou com a presença de mais de 50 pessoas, entre enxadristas, familiares e simpatizantes do esporte.
Neste momento, se fizeram presentes o vice-presidente do E.C.Cruzeiro, Senhor Luiz Carlos Valente da Silveira, o presidente do Clube de Xadrez do IFSul Roger Minks e o representante da comissão organizadora do CXC, Cícero Augusto de Canto Gomes. Também contamos com a presença do Diretor da E.E.E.M. João de Deus Nunes, César José Pinz dos Santos, professor Emerson, professora Maria Cecilia, pais de alunos que já disputaram competições intermunicipais, regionais e até finais estaduais do xadrez escolar.
As atividades iniciaram-se com o pronunciamento do vice-presidente do Clube Cruzeiro, do Cícero Augusto e do Roger Minks, logo após, projetou-se um documentário realizado pelo Sport TV que fala da importância do xadrez como instrumento didático-pedagógico, inclusive na comunidade indígena de Tembé, no estado do Pará. Após a apresentação do vídeo, foram feitas algumas considerações, pelo professor Emerson, sobre a reportagem e também de suas experiências com o xadrez em escolas do interior do município de Canguçu. 
Foram feitas algumas considerações por parte dos enxadristas e familiares e logo a seguir, os enxadristas foram convidados a disputarem algumas partidas, com seus amigos. Também sendo convidados a jogarem no tabuleiro gigante, confeccionado por alunos da E.E.E.M. João de Deus Nunes, sob a orientação da ONG EMBRIÃO - de Alvorada, no decorrer do anos de 2011 e que será finalizada em 2012, .
Encerrando a reunião, ficou combinado que o Clube de Xadrez Canguçu irá estar de portas abertas todas as terças-feiras, das 19 horas até as 22 horas e será oferecida aulas para que todo aquele que desejar aprender essa arte de jogar o xadrez, tenha uma oportunidade de fazê-lo.
A comissão organizadora do Clube de Xadrez Canguçu, professores Maria Cecília, professores Emerson, Cícero Augusto, pais Selomar, Denise e o enxadrista Victor, agradecem a todas aquelas pessoas que colaboraram para que esse sonho se tornasse realidade, neste dia tão importante para todos nós canguçuenses.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Nesta terça-feira, 27/03, foi entregue mais uma bicicleta adaptada para os cegos de alvorada, o evento aconteceu as 15 horas na praça central de Alvorada.
A Vemos com as Mãos, a Sala de Recursos para Deficientes Visuais da Escola Senador Salgado Filho juntamente com a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião e o Gabinete da Primeira Dama estão sempre buscando a inclusão das pessoas com deficiência.
Na busca de participar de todas as atividades da Embrião buscaram tabuleiros de xadrez adaptados, divulgam a coleta seletiva de lixo, recolhem pilhas e óleo usados, mas surgiu uma necessidade: adaptar uma bicicleta para que o deficiente visual total possa utilizá-la com todas as sensações nos passeios ciclísticos.
A partir das sugestões de todos, o Senhor Adalberto Fortes aceitou o desafio e criou uma bicicleta duplicada mais forte. Com o nome carinhoso de ODKV. Na primeira versão a bicicleta do deficiente não movimenta o guidão para não correr riscos de cair, porém quem não enxerga deixava de perceber a curva e também participava pouco do passeio, pedalava e sentia o vento mas acreditava estar sempre andando em linha reta, foi proposto independência das bicicletas mantendo a ligação, é o formato da ODKV de hoje, duas bicicletas independentes ligadas, o que vê precisa estar guiando o que não vê, dizer quando acelerar, quando frear, quanto girar para a direita, para a esquerda, para manter o guidão reto e assim por diante, andando com todas as sensações o que agradou muito Allan(18), Andressa(11), Bruno(18), Francielle(15), Gislaine (18), Raí(18), Alexandre(30), Paola(18), Vanessa(16)
Divulgado o trabalho outras parcerias começaram a se aproximar e fazer parte desta história, o Mágico das Bicicletas, Seu Antônio e seus amigos da cidade de Canela mandaram cinco bicicletas para fazerem novas ODKVs, houve doações anônimas, quatro bicicletas do Motoclube Nós Estradamos e do Vô Manoel que está tentando mandar duas bicicletas e a gente não está conseguindo buscar. 
A diretora Neuza Machado Teixeira, da Escola Salgado Filho, Janete e Josué Aguiar da Embrião, Professora Fátima Azambuja e Dona Ceci da Vemos com as Mãos receberam de outra parceira, a Primeira Dama de Alvorada: Rejane Brum.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Foi uma audaciosa pedalada no meio do transito.
Onde, em harmonia, utilizaram as vias públicas Veículos e Ciclistas, sempre acompanhado de ciclistas com capacetes para solicitar apoio aos motoristas.
No caminho, na Lagoa do Cocão, fizeram um Baita Lanche, Oferecido pelos Professores da Escola Cecília Meireles. Logo em seguida partiram para a Sede da Uama, onde assistiram o filme Massa Critica, debateram sobre a utilização das vias públicas: Importante para Saúde, Meio Ambiente a Democracia das vias públicas.
Os eventos serão mantidos nos último sábado de cada mês, as 17 horas no Ginásio Municipal. Participe e ajude a divulgar, isto vale a pena compartilhar !

domingo, 26 de fevereiro de 2012


No dia 24 de fevereiro de 2012, aconteceu nas dependências da E.M.E.F. Olavo Bilac, (localidade da Quinta - no município de Rio Grande – RS) um encontro com professores que atuam nesta escola, onde os representantes da região sul, Maria Cecilia Bettin dos Santos, Cícero Augusto de Canto Gomes e Mary Chaves, estiveram presentes para apresentarem a proposta da ONG EMBRIÃO no que diz respeito a preocupação que temos com o ambiente em que vivemos e as AÇÕES ECOLOGICA MENTE CORRETAS.
O presente encontro teve o seguinte roteiro:
Foi questionado sobre o que os professores já sabiam sobre o xadrez, logo após contou-se a Lenda de Cissa, sobre a história do surgimento do xadrez. Foram mostrados vídeos, que relatam a importância do Xadrez na vida escolar de alunos e de índios da região da Amazônia, com comentários sobre os mesmo.
Logo após, Cícero faz um relato de experiência sobre a importância do xadrez em sua vida e os benefícios que esse causou no resgate de sua cidadania, (o que emocionou os presentes).
A seguir foi apresentado o tabuleiro gigante, com as peças do xadrez gigante, construídas com papel jornal e grude, uma já pronta e outra em construção, seguindo com a  apresentação da proposta da ONG EMBRIÃO, no que diz respeito a coleta de pilhas, óleo saturado e a confecção das peças do xadrez gigante com a técnica da papietagem.
Os professores assistiram ao vídeo, XADREZ DAS CORES, o que despertou muito interesse e muita concentração no decorrer do filme.
Também foram apresentadas sugestões de bibliografias, sites, emails para possíveis contatos e para finalizar, foram entregues sementes de girassol para cada professor, com a proposta de que a semente foi lançada, que agora cabe a cada um, preparar a terra, regar, CUIDAR, para que essa semente brote, germine e que o EMBRIÃO seja vitorioso, ao som da música “Pra não dizer que não falei de flores” num PPS, com imagens de várias espécies de flores muito coloridas – “    quem sabe faz a hora, não espera acontecer.


Assinatura de Convenios 2012
A Prefeitura Municipal de Alvorada, desde 2004, acolheu o Projeto EducaAção EcoLógica com Xadrez nas Escolas. No dia 10 de fevereiro de 2012, no Auditório da SMED, junto com outras entidades, a Embrião e a Secretaria de Educação renovaram as parcerias.
No início, o projeto funcionava no contra turno; agora, a maioria das escolas da rede municipal aderiu ao currículo escolar, no horário da aula.
Como resultado do projeto, na educação ambiental, foram trocadas milhares de pecinhas de xadrez em gesso por pilhas usadas, que foram levadas para reciclagem em São Paulo. Já nos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul (JERGS), na etapa da 28º CRE, dos seis títulos de xadrez, cinco ficaram com alunos enxadristas de Alvorada, que também obteve o título de campeã na categoria mirim da etapa estadual. Outra conquista foi na Copa QI, com 1º e 2º lugares, que deram direito a patrocínio para participar do Campeonato Mundial de Xadrez em Goiás.
O projeto tem o apoio da Federação Gaúcha de Xadrez e obteve reconhecimento da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e da Secretaria Estadual do Esporte.
Neste ano, as atividades iniciam no mês de março nas escolas e na sede da Embrião, na Rua União, 2012. Já o Circuito Ecológico de Xadrez será nos finais de semana na sede da Embrião.

domingo, 29 de janeiro de 2012


Na avaliação dos participantes, o debate sobre o projeto de Educação Ambiental com Jogos de Xadrez nas Escolas foi muito produtivo. Uma experiência com resultados positivos nas áreas do esporte, artes, inclusão social e não violência. Principalmente na questão da concentração, paciência, disciplina, raciocínio lógico e respeito aos outros contribuindo para uma convivência melhor com alternativas de recreação e lazer.
A Arqueóloga Miriam Cazzetta do Distrito Estadual de Fernando de Noronha, gostou da proposta e pretende fazer uma experiência com os animais do local simbolizando as peças do jogo de xadrez.
Obrigado a todos por oportunizar estes momentos de trocas de saberes.



ONGs ecológicas preparam os debates em Porto Alegre
Discussões vão formular ideias para a Conferência da ONU Rio+20
Diversas Organizações Não Governamentais (ONGs) ecológicas estão aproveitando a movimentação da edição descentralizada do Fórum Social Mundial (FSM) 2012 na Região Metropolitana de Porto Alegre para promover debates sobre questões ambientais. No Dia 21/01/12, no Jardim Botânico foi data a largada com uma orelha humana gigante no meio da mata para escutar nossa mãe terra.

O evento, que está sendo chamado de Fórum Social Temático, vai acontecer de 24 a 29 de janeiro em Porto Alegre, São Leopoldo, Novo Hamburgo e Canoas. E é preparatório à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20, que levará mais de 100 chefes de Estado ao Rio de Janeiro em junho.

A Embrião , está organizando no dia 27/01 - 09h – Mostra da Oficina Educa Ação Ecológica com Jogos de Xadrez, local: Hangar/Prédio Central Fundação Botânica.
A sugestão da entidade é mostrar os resultados de valores humanos despertados, mesclando a Educação Ambiental com o milenar jogo de xadrez. Possibilitando a vivencia de uma sociedade com menos violência.
Pioneira no movimento ecológico no País, a Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan) vai trazer ao Rio Grande do Sul o monge budista Yoshihiko Tonohira, que vai descrever os estragos causados na usina nuclear de Fukushima, no Japão, a partir do acidente ocorrido após o terremoto de março de 2011.
"Ele vai trazer a realidade do que está acontecendo lá no Japão, que não é absolutamente o que estão contando; ainda há risco de explosão e as pessoas estão muito comprometidas", diz o presidente da Agapan, Francisco Milanez.

O monge Tonohira realizará palestras de 18 a 25 de janeiro em centros budistas, na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal de Porto Alegre.
Fonte: Jornal do Comércio

Fotos Aqui

A comunidade do Jardim Esplanada constroem com a Embrião um lugar de esporte, lazer, cultura, recreação e educação ambiental
Em Alvorada RS a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião reúne moradores do Jardim Esplanada para escutar as demandas da área pública destinada para a instituição e propor projetos.
Telas de proteção do campo de futebol e mais segurança foram as principais reivindicações dos moradores.
Ficou acertado que entre a Associação e o Campo de Futebol, serão construindo um Galpão na forma de Pentágono, Dois Banheiros e Casa para Segurança Patrimonial.
Objetivo é iniciar o ano Letivo (março) com atividades EXTRA – CLASSE, como Biblioteca, Clube de Xadrez, Atividades com ODKV, Skate, Libras, Música, Teatro, Dança, Artesanato, coleta de óleo de cozinha, papel, pet e pilhas usadas.