Quem é e o que faz a Embrião?

A Embrião é uma entidade localizada em Alvorada-RS, fundada em 25/12/2001, que realiza atividades no estado do Rio Grande do Sul com o projeto pedagógico: EducaAção EcoLógica com Xadrez nas Escolas. Já realizou oficinas em Alvorada, Balneário Pinhal, Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Campo Bom, Candiota, Canguçu, Canoas, Dois Irmãos, Esteio, Gravataí, Guaíba, Harmonia, Nova Santa Rita, Parobé, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, São Leopoldo, Sapiranga e Viamão.

Em 2011, nos Jogos Nacionais do SESI - BA,
a ONG mostrou o projeto para empresários de todo o Brasil.

Tem como principal objetivo a educação ambiental de crianças e adolescentes e tem como ferramenta de trabalho o xadrez, incluindo assim de forma lúdica os seus alunos. A organização já foi reconhecida com prêmios como a Medalha João Saldanha (entregue à incentivadores de esportes); Reconhecimento Ambiental - Borboleta Azul (reconhecido pelo Governo do Estado através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente) e, por seis anos consecutivos, a Medalha de Responsabilidade Social (Assembléia Legislativa).

Trabalha em parceria com outras instituições e organizações para promover a conscientização e a inclusão. Um dos frutos dessas parcerias foi a bicicleta adaptada, chamada ODKV. Ela foi desenvolvida para deficientes visuais com o intuito de proporcionar a eles a sensação de andar de bicicleta. Desenvolveu também bicicletas especiais para Cadeirantes e Muletantes.

Também recolhe pilhas, baterias e outros lixos tecnológicos, assim como óleo de cozinha usado.

Para mais informações entre em contato por um dos meios citados abaixo:
Telefones:(51)3483-2914 ou (51)9986-7734
E-mails: ongembriao@gmail.com
ou ongembriao2010@gmail.com

Pesquise por matérias:

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Nesta terça-feira, 27/03, foi entregue mais uma bicicleta adaptada para os cegos de alvorada, o evento aconteceu as 15 horas na praça central de Alvorada.
A Vemos com as Mãos, a Sala de Recursos para Deficientes Visuais da Escola Senador Salgado Filho juntamente com a Sociedade Cultural e Ambientalista Embrião e o Gabinete da Primeira Dama estão sempre buscando a inclusão das pessoas com deficiência.
Na busca de participar de todas as atividades da Embrião buscaram tabuleiros de xadrez adaptados, divulgam a coleta seletiva de lixo, recolhem pilhas e óleo usados, mas surgiu uma necessidade: adaptar uma bicicleta para que o deficiente visual total possa utilizá-la com todas as sensações nos passeios ciclísticos.
A partir das sugestões de todos, o Senhor Adalberto Fortes aceitou o desafio e criou uma bicicleta duplicada mais forte. Com o nome carinhoso de ODKV. Na primeira versão a bicicleta do deficiente não movimenta o guidão para não correr riscos de cair, porém quem não enxerga deixava de perceber a curva e também participava pouco do passeio, pedalava e sentia o vento mas acreditava estar sempre andando em linha reta, foi proposto independência das bicicletas mantendo a ligação, é o formato da ODKV de hoje, duas bicicletas independentes ligadas, o que vê precisa estar guiando o que não vê, dizer quando acelerar, quando frear, quanto girar para a direita, para a esquerda, para manter o guidão reto e assim por diante, andando com todas as sensações o que agradou muito Allan(18), Andressa(11), Bruno(18), Francielle(15), Gislaine (18), Raí(18), Alexandre(30), Paola(18), Vanessa(16)
Divulgado o trabalho outras parcerias começaram a se aproximar e fazer parte desta história, o Mágico das Bicicletas, Seu Antônio e seus amigos da cidade de Canela mandaram cinco bicicletas para fazerem novas ODKVs, houve doações anônimas, quatro bicicletas do Motoclube Nós Estradamos e do Vô Manoel que está tentando mandar duas bicicletas e a gente não está conseguindo buscar. 
A diretora Neuza Machado Teixeira, da Escola Salgado Filho, Janete e Josué Aguiar da Embrião, Professora Fátima Azambuja e Dona Ceci da Vemos com as Mãos receberam de outra parceira, a Primeira Dama de Alvorada: Rejane Brum.

Nenhum comentário: